quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Dia 3 de dezembro, dia da escola e do seu patrono

O dia 3 de dezembro, dia da escola e do seu patrono, o pintor Domingos Rebelo, foi assinalado na nossa escola com um conjunto de atividades, organizadas pelo departamento de educação física, que se realizaram durante a manhã e que proporcionaram aos alunos a possibilidade de praticar alguns dos desportos mais tradicionais como o basquetebol, o futsal e o badminton e ainda experimentar modalidades menos usais como o BTT, o tiro com arco e o judo.

O dia teve como ponto alto a entrega de prémios aos melhores alunos da escola, nos diferentes anos letivos, distinguindo assim o esforço e o trabalho desenvolvido por estes alunos durante o ano letivo transato. Esta cerimónia aconteceu no novo auditório da escola, espaço nobre resultante do projeto de requalificação das antigas oficinas que remontam à antiga escola industrial e comercial de Ponta Delgada, e que trouxe dignidade e brilho à distinção que se promoveu.

O dia terminou com um jantar convívio de professores e funcionários onde se homenageou a Srª Maria Teresa Borges Pacheco Mota que se aposentou e, a título póstumo, o seu marido, António da Silveira Mota.

De salientar, ainda, a estreia do grupo recreativo e cultural Domingos Rebelo, formado por professores, funcionários e alunos da escola, que cantou canções populares de natal e dançou folclore, representativo de várias regiões de Portugal, divertindo todos os presentes pela sua genuína boa disposição.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

IV Corta-Mato Escolar Domingos Rebelo

Realizou-se no passado dia 13 de Novembro a quarta edição do corta-mato escolar Domingos Rebelo, com vista ao apuramento dos melhores 6 atletas, por escalão, para a competição na fase de ilha e que se realizou, mais uma vez, no jardim António Borges. 
Esta atividade, que tem vindo a ficar cada vez mais exigente pela participação de alunos que, ano após ano, se assumem como candidatos à vitória, reuniu um total de 164 alunos dos quais 43 raparigas e 121 rapazes. A competição foi forte e a luta pela vitória esteve presente em todas as provas mesmo naquelas onde os "craques" participaram, o que mostra que o convívio gerado pelas atividades físicas desportivas e a participação ativa na organização das atividades, são uma forma privilegiada de formação e de integração, tal como promove o desporto escolar. 
A prova foi organizada e coordenada pelo departamento de educação física da escola.



Resultados

Infantis B Feminino


1º Maria Pastor; 2º Raquel Pereira; 3º Filipa Couto

Infantis B Masculinos


1º Miguel Ventura; 2º Alexandre Figueiredo; 3º Leonardo Camara

Iniciados Femininos


1º Inês Gonzaga; 2º Andreia Ambrósio; 3º Solange Freitas

Iniciados Masculinos


1º Carlos Lito; 2º Frederico Zeferino; 3º Gonçalo Estácio

Juvenis Masculinos


1º André Sousa; 2º Rodrigo Chaves; 3º Diogo Medeiros

Juvenis Femininos


1º Maria Matos; 2º Nicole Narciso; 3º Beatriz Couto

Juniores Femininos


1º Joana Almeida; 2º Ana Massa

Juniores Masculinos



1º João Viveiros; 2º Paulo Martins; 3º Carlos Raposo




Resultados finais




quarta-feira, 12 de novembro de 2014

“Este Natal Ofereça um Animal”, DO CANIL MUNICIPAL DE P.D.

No passado dia 12 de novembro um grupo de alunos do 9º ano de escolaridade, da escola secundária Domingos Rebelo, visitou o canil municipal de Ponta Delgada, com o objectivo de iniciar uma campanha de sensibilização contra os maus-tratos e abandono de animais, integrada na área curricular não disciplinar de educação cívica. Surgiu, assim a ideia de criar o slogan “Este Natal ofereça um animal”.


Dada a preocupação quanto aos maus-tratos e abandono de animais decidiram ajudar aqueles, a quem se referem como seus “amiguinhos”, na procura de alguém que se disponha a adotar ou a oferecer um destes animais, aproveitando esta época natalícia, a quem deseje dar afeto e gozar da companhia de um fiel amigo.

Ao chegar ao canil, os alunos foram recebidos por Vergílio Oliveira, veterinário, o qual informou sobre o funcionamento do canil, alertou para a necessidade da comunidade ser sensibilizada para o controlo da reprodução dos seus animais, bem como, para a consciencialização dos custos e responsabilidade que um animal exige. Caso contrário, os problemas no canil agravam-se com o crescente aumento de animais que ali chegam.

Os alunos tomaram conhecimento que anualmente, em média, são adotados 400 animais. No entanto, três vezes mais não têm, infelizmente, a mesma sorte.

Ao animal que é adotado, o canil municipal de Ponta Delgada, para garantir o seu bem-estar, introduz-lhe um chip para que este nunca mais fique em situação de abandono, é-lhe aplicado, ainda, vacinação, desparasitação e direito, quando adulto, a ser esterilizado, tudo isto por um custo, a quem adota, muito irrisório, que tem como intenção consciencializar para a  responsabilidade de ter um animal.  

Da visita de estudo, ficou nos alunos a ideia, de ali haver gente dedicada ao bem-estar dos animais, de gente que diariamente espera pela visita de alguém que traga consigo a boa sorte de um animal que espera sem saber até quando!

Os alunos do 9º ano de escolaridade, Educação Cívica, Escola secundária Domingos Rebelo.




domingo, 22 de junho de 2014

Projeto Eco-Escolas - A Biodiversidade e a Água (Açores)

No dia 22 de maio as turmas do 8º F, 9º B e 7º C assistiram a uma palestra, inserida no Projeto Eco-Escolas a que a Escola Secundária Domingos Rebelo aderiu já desde o ano letivo anterior, através do coordenador do projeto, professor Sérgio Silva. A palestra esteve a cargo do Dr. Tiago Meneses que desenvolveu o tema “A Biodiversidade” e do Engenheiro Bruno  que abordou o tema “Água – Captação, Distribuição e Fornecimento de Água para Consumo Humano à Zona Centro e Poente do Concelho da Ribeira Grande” e foi dinamizada pelo professor Sérgio Silva. As turmas envolvidas estiveram acompanhadas pelos professores de Educação Tecnológica, respetivamente, Manuel Ruas da Silva e Rute Antunes; Ana Isaías e Joaquim Andrade e pela professora de História Elizabete Negalha.

No tema da “Biodiversidade” foram abordados os efeitos da presença humana e das alterações climatéricas junto da fauna e flora endémicas, dando-se particular ênfase à ecologia e biogeografia das espécies na região açoriana, passando pela macroecologia, ecologia marítima, agro-ecologia, taxonomia, sustentabilidade, conservação e divulgação científica, entre outros. No tema da “Água” chamou-se à atenção dos presentes para a importância da água regional, dado o seu valor patrimonial, e as suas propriedades. Em particular, mencionou-se as águas naturalmente gaseificadas de sabor muito característico que brotam de fontes naturais existentes por todas as ilhas dos Açores.

Pretendeu-se promover o estudo e a valorização dos recursos naturais dos Açores junto dos alunos e levá-los a compreender melhor os impactos na biodiversidade das ilhas de fatores como as alterações do uso do solo e a perturbação dos habitats naturais das espécies exóticas invasoras e as mudanças climáticas.


terça-feira, 17 de junho de 2014

Eco-Escolas - Tema Energia

Ao abrigo do projeto Eco-Escolas, estiveram presentes na ESDR, em representação da EDA, os engenheiros Paulo Bermonte, Carlos Martins e António Magalhães, convidados pelo coordenador do projeto na ESDR, professor Sérgio Silva e pela professora Clara Castro, que realizaram algumas sessões de sensibilização, direcionadas à comunidade escolar, nos dias 28, 29 e 30 de abril com o intuito de promoverem a racionalização e eficiência energética nas escolas e em casa.


Neste sentido, foi abordada a temática da diversidade das energias renováveis, numa perspetiva de educar para o desenvolvimento sustentável e para a valorização da açorianidade, evidenciando-se os cuidados que se devem ter relativamente à utilização da energia elétrica.

Assim, os alunos do 9º ano consolidaram os conhecimentos prévios que detinham sobre o modo como a maior parte da eletricidade chega às suas casas, isto é, através da produção de energia elétrica em centrais termoelétricas com o recurso a combustíveis fósseis. Compreenderam que com a utilização de fontes de energia não renováveis para a produção de energia elétrica não só se esgotam estas reservas, como também se libertam gases que provocam o indesejável efeito de estufa na atmosfera que tanto prejudica o ambiente. Os alunos comprovaram que a solução para este problema passa pela utilização de energias renováveis para a produção de energia elétrica mas, acima de tudo, por uma alteração dos nossos comportamentos ao nível do consumo de eletricidade.



Esta ação de sensibilização contemplou os conteúdos relacionados com as energias renováveis, produção de energia elétrica, consumo energético, eficiência energética em casa e nas escolas e os comportamentos adequados ao uso racional da eletricidade.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Futebol em Festa 2014

Realizou-se nos dias 4 e 5 de junho mais uma edição do nosso tão desejado torneio “Futebol em Festa", e que contou, neste ano, com a participação de 206 alunos.

O tempo não quis ajudar e os jogos, inicialmente previstos nos campos sintéticos ao ar livre, tiveram de se realizar no pavilhão Sidónio Serpa e no Pavilhão da escola. O descontentamento por esta alteração, porém, só se manifestou até ao momento do apito para o início do primeiro jogo e assim que a bola começou a rolar foi como se o sol tivesse iluminado os rostos de todos os participantes. É o poder do desporto e em concreto do futebol.

A competição esteve muito equilibrada e a qualidade do jogo praticado esteve ainda mais elevada que nos anos anteriores chegando, nalguns casos, a surpreender. Destaca-se neste aspecto a qualidade do jogo das nossas meninas que mostraram estar à altura da competição e que arrancaram do público as maiores ovações.



Resultados




segunda-feira, 9 de junho de 2014

Exposição de trabalhos

Os professores de Educação Tecnológica (Manuel Silva, Ana Maio, Sérgio Silva, Rute Antunes, Ana Isaías, Lurdes Clara, Joaquim Andrade e Paulo Peixoto) da Escola Secundária Domingos Rebelo efetuaram a habitual exposição de final de ano com os trabalhos realizados nas aulas pelos alunos dos sétimos, oitavos e nonos anos de escolaridade, entre os dias 2 e 6 de junho. 

Esta exposição realçou os conteúdos práticos desenvolvidos na disciplina, dos quais constam os têxteis (tapeçaria – técnica do nó de esmirna e ‘rabo de gato’); construção de estruturas resistentes com esparguete; reutilização de objetos e aproveitamento para decoração (técnica de envelhecimento e embelezamento com diferentes materiais); materiais (madeira – construção de jogos tradicionais e porta-chaves; cartão – construção de uma aldeia tradicional); encadernação de livros, desde o fabrico do caderno até à encadernação final; pintura de t-shirts com tintas de tecido e com lápis de cera; elaboração de velas caseiras decoradas com materiais regionais e fabrico de objetos e peças com jornais e/ou revistas no âmbito da sustentabilidade. Esteve ainda patente ao público uma exposição de cartazes e folhetos de informação sobre o tema “Energia”, realizados pelos alunos sob orientação das professoras Paula Rodrigues e Beatriz Cachinho, bem como o Eco-Poste construído sob supervisão do professor João Regalado.

A paciência e a persistência dos professores compensaram, culminando no aperfeiçoamento por parte dos alunos das técnicas desenvolvidas e a um nível mais cognitivo, no desenvolvimento da concentração, atenção, autonomia e espírito crítico. Foi evidente o aumento da autoestima dos alunos quando verificaram o resultado final dos seus esforços e o reconhecimento do seu empenho pelos visitantes.


sábado, 7 de junho de 2014

Jornadas de Filosofia - 2014

quarta-feira, 4 de junho de 2014

ESDR ganha Super-Taça Escolar em masculinos e femininos



A Escola Secundária Domingos Rebelo ganhou a Super-Taça escolar em masculinos e femininos, pelo segundo ano consecutivo. 

A Super-Taça Escolar é uma competição desportiva entre as três escolas secundárias de Ponta Delgada e que teve, neste ano, a sua 19ª edição. A competição realiza-se nas modalidades de Futebol, Ginástica, Basquetebol, Atletismo e Voleibol, e ocupou as manhãs dos dias 27 e 28 de Maio.

A competição é sempre muito disputada e a nossa escola tem obtido, em geral, bons resultados, mas ganhar a competição masculina e feminina, em dois anos consecutivos, é um feito extraordinário e, cremos, único na história da competição.

Os nossos alunos estão, por isso, de parabéns. Obrigado a todos pelo vosso esforço e desempenho. 




sexta-feira, 30 de maio de 2014

Bibliodisseia: O Gosto de Virar a Página de Um Mesmo Livro

A equipa da biblioteca organizou uma exposição que mostrou as etapas de restauro dos livros antigos e que foi visitada por muitos alunos e professores que se congratularam com a iniciativa.

Coordenadora da Biblioteca Ana Isabel Serpa

sexta-feira, 23 de maio de 2014

A Cultura Açoriana na obra de Domingos Rebêlo

Domingos Rebêlo criou uma iconografia onde se inscreve a cultura açoriana. Associada às atividades agricolas ou piscatórias quando o contexto é a natureza, ou as atividades artesanais quando o cenário é a cidade, a vila ou a aldeia, a figura humana confunde-se com a Natureza e é una, integra-se nela. Ao contrário da sociedade industrializada que observou nos seus tempos de estudante em Paris, nos Açores o laço com as origens, as tradições, a religião e a Natureza ainda não foi quebrado. Em contracorrente aos vanguardismos da pintura do século XX, Domingos Rebêlo expressa artisticamente que o ser açoriano ainda mantém uma certa pureza e não sofreu uma desestruturação, não se fragmentou, não se aniquilou, não caiu no niilismo. Na sua pintura, deparamo-nos com o culto da interioridade, ao voltar--se para dentro de si mesmo, que é uma característica açoriana de introspeção e própria do isolamento geográfico. As pesquisas do pintor buscam penetrar na psicologia e na alma açoriana e tentam defini-la e dar-lhe uma identidade. O levantamento etnográfico visa preservar uma memória e uma descoberta de si mesmo. Domingos Rebêlo dá voz ao silêncio do povo açoriano. 


Jorge Rebêlo

Ponta Delgada, 23 de maio

EcoEscolas e Educação Tecnológica

Foram realizadas duas atividades no âmbito do Projeto Eco-Escolas, dinamizadas pelo grupo de Educação Tecnológica, orientado pelo coordenador do projeto, professor Sérgio Silva, ao longo dos meses de abril e maio. A primeira atividade, denominada “Horta Biológica”, consistiu na construção de uma estrutura em madeira, com o apoio do Professor Manuel Silva e em conjunto com os alunos do 9º E, para suporte de vasos destinados à plantação. A segunda atividade foi relacionada com a participação no Valorfito, no âmbito do Projeto Eco-Escolas, com o intuito de motivar os alunos para as boas práticas agrícolas e ambientais que passou pela elaboração de um almanaque efetuado pela turma do 9º D, sob orientação da professora Ana Maio, feita passo a passo, desde a construção do caderno, encadernação, até ao resultado do livro final.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Conferência de Jorge Rebêlo na ESDR

Foi com regozijo que o Núcleo Documental sobre Domingos Rebelo acolheu, a 16 de maio, a conferência sobre a vida e a obra do patrono, dinamizada por Jorge Rebêlo.

O conferencista destacou a importância dos estudos feitos pelo Mestre em Paris, os bons frutos que resultaram da interação do seu avô com os modernistas, o misto de correntes pictóricas que se concentram na sua obra.

Os alunos ficaram cientes do relevo que a pintura e os desenhos do ilustre artista micaelense desempenham no seu (e no nosso) processo identitário. 

Jorge Rebêlo ensinou-os a decifrar pormenores dos quadros, mostrou os estudos preparatórios, os desenhos, os esquissos, dando-lhes a entender o rigor que o artista colocava no que fazia. Conferiu destaque à representação da figura humana, ao sentimento e ao humanismo posto em cada uma, como se o pintor, através do rosto e do olhar dos retratados, conseguisse devolver a harmonia aos homens e ao mundo em que eles vivem. 

Bem-haja, Jorge Rebêlo, pelo trabalho incansável que tem desenvolvido na divulgação da obra do seu avô.

Coordenadora da Biblioteca Ana Isabel Serpa

Encontro(s) com João Pedro Porto

A 16 de maio, na nossa escola, alunos do Secundário apresentaram aos colegas as suas experiências de leitura da obra do escritor João Pedro Porto.


Estiveram envolvidos nesta atividade os alunos Rodrigo Câmara, António Ramos, Manuel Silva, Joana Silva Melo e Júlia Viveiros, que estão de parabéns pelo modo como se prepararam e pela clareza das suas exposições.


A 17 de maio, no âmbito de uma parceria assinada entre a nossa escola e a BPARPD, os mesmos alunos marcaram novo encontro com o escritor. Desta vez, coube também à aluna Júlia Viveiros interpretar o conto “O Homem da Mansarda”. Além disso, a professora Isaura Pereira traçou um percurso possível de leitura dos três primeiros romances, e a professora Ana Isabel Serpa propôs que “Porta Azul para Macau” constituísse o objeto de leitura de um projeto interdisciplinar, tendo ainda apresentado algumas linhas interpretativas deste último romance.


O escritor mostrou-se extremamente agradado com a atitude dos alunos, tendo agradecido às duas docentes e à escola o envolvimento e o carinho posto na dinamização do evento.


Coordenadora da Biblioteca Ana Isabel Serpa

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Professor James Kakalios visita a nossa escola

No dia 6 de maio, o prof. James Kakalios, da Universidade de Minnesota, visitou a nossa escola através da embaixada americana, à luz de um protocolo estabelecido entre a ESDR e a Universidade dos Açores.

Autor, entre outras, da obra The physics of superheroes, o docente universitário baseou-se, nesta conferência, em figuras da banda desenhada e mostrou que é possível aprender física recorrendo a aventuras do Homem Aranha, do Superhomem, do Xman.

Com um excelente poder de comunicação e um humor contagiante, o professor Kakalios apresentou uma palestra muito interessante e acessível, que rapidamente prendeu a atenção de todos. 


quinta-feira, 8 de maio de 2014

Olimpíadas da Física 2014

A ESDR está de parabéns.
A nossa escola foi a grande vencedora das olimpíadas de física 2014, arrecadando medalhas de ouro, prata e bronze e uma menção honrosa.

No escalão A a equipa constituída pelo João Rodrigues e Miguel Carreiro do 9ºA e Pedro Amaral do 9º D, ficou em 3º Lugar, sendo a medalha de ouro para a escola da Madalena (Pico) e a de prata para a escola das Flores. No escalão B, o Pedro Pereira (11ºA) ganhou a medalha de ouro, a Joana Melo (11ºB) a medalha de prata e o Gonçalo Carrola (11ºB) recebeu uma menção honrosa. A medalha de bronze foi recebida por uma aluno da ESAQ.

A equipa vencedora do escalão A (Madalena do Pico) e os três vencedores do escalão B irão a Lisboa em Junho participar nas olimpíadas nacionais de física.



A todos os mais sinceros parabéns.

Dia Mundial do Teatro 27 de março de 2014

A equipa da biblioteca, em conjugação com o Departamento de Línguas Românicas, celebrou o Dia Mundial do Teatro que se assinalou pela representação em fantoches da peça Felizmente Há Luar!, de Luís de Sttau Monteiro. A turma H do 12º ano envolveu-se intensamente na produção deste trabalho de encenação teatral, tendo sido orientada, ao nível da leitura, de atores e representação final, pelo professor Pedro Medeiros. A ideia de utilizar o fantoche como recurso teatral partiu da professora Vera Máximo, que, nas aulas de Desenho, explicou a técnica e a conceção deste tipo de figura.

A encenação da peça foi vista por todas as turmas do 12º ano, o que se revelou num ato de profunda aprendizagem, por se tratar de um conteúdo da disciplina de Português.

O Dia Mundial do Teatro contou também com uma conferência dinamizada pelo ator e cenógrafo Armando Moreira, que, perante uma plateia de jovens do ensino secundário, se referiu à importância do teatro, da escrita e da arte. Entusiasmou os alunos com vista à aprendizagem da voz, da dicção e do gosto pela palavra. De forma contagiante, o conferencista cativou os alunos, mostrando-lhes que o teatro, os atores e os homens de cultura sabem comunicar, trabalham intensamente a palavra e os gestos, conseguem exprimir-se e que essa capacidade é determinante na vida das pessoas e as torna mais felizes.

A afeição pelo teatro será ainda marcada este ano letivo pela encenação da peça Mónim dum Corisco, de Onésimo Teotónio de Almeida, que está a ser ensaiada pela professora Isaura Pereira a apresentar no final de maio.



Professoras: Ana Serpa/ Graciete Peixoto

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Jorge Loures a caminho dos E.U.A.

Jorge Miguel Loures, 18 anos, aluno do 12º B da Domingos Rebelo, foi selecionado para participar num evento inter-cultural único - o Benjamin Franklin Transatlantic Fellow Summer Institute 2014 - 28/6 a 26/7. Este é um feito notável, conquistado graças às suas competências/ conhecimentos, claro, mas também ao seu empenho, entusiasmo, curiosidade e participação ativa no mundo que o rodeia, pois em cada país apenas são escolhidos 2 alunos. Agora é aproveitar esta excelente oportunidade.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Alunos da ESDR Vencedores do “SPELLING BEE”


A Embaixada dos Estados Unidos em Portugal levou a cabo, no passado dia 4 de abril, no anfiteatro C, da Universidade dos Açores, em Ponta Delgada, um concurso denominado “Spelling Bee”, tendo os três primeiros lugares sido conquistados por 3 alunos da Escola Secundária Domingos Rebelo. Esta iniciativa tem como objectivo ajudar os estudantes portugueses a melhorar as suas competências na língua Inglesa. Trata-se de um projecto que, de forma descontraída, permite aos participantes melhorar o vocabulário, aprender novos conceitos e desenvolver o uso correcto do Inglês, algo que os irá ajudar na vida futura.

O concurso, destinado a alunos dos 9.º e 10.º anos de escolaridade num máximo de 30 por escola, teve início às 9:30 horas e contou com a presença de 28 alunos da nossa escola, assim como de alunos de diversas escolas secundárias da ilha de S. Miguel – Escola Secundária Antero de Quental, Escola Secundária das Laranjeiras, Escola Secundária da Ribeira Grande e Escola Secundária de Lagoa.

Este concurso tem 2 fases distintas: uma primeira, escrita, durante a qual vinte palavras são ditadas, duas vezes cada, e com o tempo suficiente para os alunos as poderem escrever. Depois de apurados os 20 alunos com o melhor desempenho, passa-se à segunda fase – a fase oral. Nesta, a cada aluno(a) é ditada uma palavra para ele(a) a soletrar oralmente.  Os alunos que erram ficam automaticamente eliminados.  Aqueles que conseguem soletrar correctamente, voltam a soletrar até serem eliminados ou até se apurar os três finalistas.  Depois de apurados os 3 finalistas a prova continua nos mesmos moldes, a fim de se decidir os 1.º, 2.º e 3.º lugares. O grau de dificuldade e o número de sílabas das palavras vai aumentando à medida que se avança no concurso.
      
Os alunos da Domingos Rebelo tiveram uma prestação brilhante: dos 28 presentes, vários passaram à 2.ª fase juntamente com alunos de outras escolas, sendo os 3 finalistas todos alunos da Escola Secundária Domingos Rebelo: 1.º lugar – António Ramos; 2.º Lugar – Lara Faustino; 3.º Lugar – João Pedro Rego. Estes alunos receberam um prémio, entregue pelo Cônsul dos Estados Unidos da América.
      
Tratou-se de uma iniciativa importante para os alunos presentes na medida em que tiveram oportunidade de aprender convivendo e divertindo-se. 
      
Os nossos parabéns a todos: organizadores, vencedores e participantes.     
      
Margarida Maia

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Pessoal docente e não docente caminham juntos


Aproveitando a interrupção letiva da Páscoa, e pelo quarto ano consecutivo, a professora Cesária Magalhães com a colaboração do Conselho Executivo, organizou uma caminhada no dia 10 de abril, partindo da zona da Ribeira Funda, passando na praia da Viola e terminando na Maia. O percurso escolhido, com uma duração de 3:30h, foi adequado ao grupo, tendo-se efectuado algumas paragens para descanso e contemplação das magníficas paisagens. 

Esta iniciativa, que contou com 52 pessoas, de várias idades, teve como principais objetivos o convívio fora do espaço escolar entre os diversos elementos da comunidade educativa, assim como alertar para a importância de um estilo de vida saudável, que poderá ser feito, por exemplo, em trilhos existentes na Ilha, de beleza ímpar. 

As condições atmosféricas foram excelentes e a boa disposição esteve sempre presente ao longo de toda a caminhada assim como o espírito de interajuda. A atividade foi concluída com um almoço em São Brás, assistindo-se a uma confraternização calorosa entre os participantes. 

Venham mais iniciativas!

quarta-feira, 9 de abril de 2014

2 de abril de 2014 dia da matemática

Realizou-se, no passado dia 2 de abril, mais um Dia da Matemática com a realização de duas atividades direccionadas para alunos do ensino secundário.

A primeira foi uma sessão dinamizada pelo Dr. Gualter Medeiros na qual se explorou e mostrou as capacidades da calculadora TI-NSIPRE na aprendizagem de conteúdos da disciplina.

Com uma vertente mais lúdica, mas tendo por base conhecimentos e conteúdos matemáticos, realizou-se um Peddy Paper Matemático. Neste, de uma forma divertida, os alunos tiveram oportunidade de aplicar e reconhecer a matemática em situações concretas do quotidiano.

domingo, 6 de abril de 2014

4ª Edição do Torneio de Badminton

Realizou-se no dia 3 e 4 de abril a 4ª edição do Torneio de Badminton que mobilizou um total de 156 alunos, dos quais 111 rapazes e 45 raparigas. 

Apesar do número elevado de alunos o torneio disputou-se em dois escalões por género, numa primeira fase em grupos para apuramento, e nas fases seguintes a eliminar, o que proporcionou a realização de 222 jogos no total. Estes jogos foram disputados em 6 minutos com exceção das finais que foram disputadas segundo as regras da modalidade. 

O número de participantes diminuiu ligeiramente em relação aos anos anteriores mas os professores do departamento de Educação Física consideraram que o nível do torneio, no que respeita à qualidade de jogo, subiu bastante, não só pela qualidade técnica dos participantes como também pela competitividade apresentada nos jogos.  

Alguns dos alunos que acompanharam o torneio, mas não participaram nele diretamente, foram chamados a colaborar na arbitragem cumprindo-se assim o objetivo pedagógico da atividade. 




[Momentos da final Jovens Masculinos]
[Momentos da final Seniores Femininos]

Resultados

Jovens femininos: 
  1. Sara Carvalho; 
  2. Filipa Paiva;
  3. Ana Arruda.

Jovens Masculinos: 
  1. Rodrigo Bettencourt;
  2. Filipe Melo;
  3. Rodrigo Viveiros.

Seniores Femininos: 
  1. Beatriz Dâmaso; 
  2. Carla Ponte; 
  3. Tânia Vasconcelos.

Seniores Masculinos: 
  1. Henrique Fonseca; 
  2. Paulo Moniz; 
  3. Bruno Melo.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

À descoberta da TI-Nspire" e "Brincando com a Matemática"

No âmbito do Plano Anual de Atividades da Escola, o grupo de docentes do Departa-mento de  Matemática e Expressões...
Ana Paula Fraga, Armando Branco, Edna Medeiros, Eduardo Medeiros, José Jacinto Silva, Lúcia Medina, Mário Jorge Cabral e Venília Amaral, organizaram uma conferência subordinada ao tema "À descoberta da TI-Nspire" proferida pelo doutor Gualter Medeiros e um Peddy Paper Matemático intitulado "Brincando com a Matemática".

As atividades realizaram-se no dia 2/4, durante toda a manhã e destinaram-se aos alunos do ensino secundário. 


A conferência teve por objetivo aprofundar o conhecimento das potencialidades da calculadora TI-Nspire na exploração dos conteúdos programáticos, levando os discentes a consciencializarem-se do contributo que podem dar na melhoria do seu desempenho escolar.

A pertinência do tema despertou uma enorme motivação, sendo visível o empenho e entusiasmo que os alunos demonstraram quando foram solicitados a interagirem com o orador, fazendo com que a sessão se tornasse muito ativa e dinâmica. Tendo em conta o “feedback” dado pelos participantes, os objetivos propostos foram plenamente atingidos.

Com a realização do Peddy Paper os professores responsá-veis tiveram como objetivos motivar os alunos para o estudo e aplicabilidade da matemática, assim como mostrar o seu caráter lúdico. Da atividade fizeram parte 19 equipas de 4 e 5 alunos do ensino secundário. Cada equipa resolveu cinco desafios, uns de caráter lúdico/prático e outros que envolviam a aplicação de conteúdos programáticos na resolução de problemas. Depois de concluídas as atividades, as equipas apresentavam-se ao júri, vestidas de acordo com as instruções dadas, procedendo-se à verificação do nível de execução das tarefas e cronometragem do tempo dispendido. Cada equipa recebeu um diploma de participação. É de salientar o enorme empenho, espírito de equipa, organização e disciplina demonstrados pelos alunos durante as atividades.


A pertinência das atividades que envolveram a cultura matemática e a relação entre esta e a vida real, bem como o entusiasmo que os alunos demonstraram em participar, revelam o interesse por este tipo de iniciativas, transformando a matemática atrativa, sempre numa perspetiva pedagógica e formativa. Atividades desta natureza devem continuar, pois são parte integrante de todo um processo de ensino aprendizagem.

Professora Lúcia Medina

segunda-feira, 31 de março de 2014

Cientista do CERN na nossa escola

Professor Doutor José Maneira
Realizou-se em 25 de março uma palestra integrada nas Masterclasses de Física de Partículas, apresentada pelo Professor Doutor José Maneira, investigador do LIP e membro da colaboração portuguesa da experiência ATLAS do CERN, que abordou a Física de Partículas de forma introdutória.

No dia seguinte, de manhã, na Universidade dos Açores, 24 alunos da ESDR, acompanhados pelas professoras Beatriz Cachim e Dulce Moreira; 20 alunos da ESAQ acompanhados pelo professor João Cabral e, via skype, 11 alunos da E.S. Santa Maria, acompanhados pelos professores Pedro Amaral, Patrícia Beja, Hélder Chaves e Juan Nolasco, assistiram a outra palestra, desta vez pelo Professor Doutor Pedro Abreu investigador do LIP e colaborador do CERN, coordenador nacional da atividade, na qual aprenderam a interpretar os rastos de partículas, obtidos em experiências realizadas no CERN, que a seguir analisaram.


À tarde, os alunos participaram numa videoconferência, coordenada por cientistas do CERN, em que discutiram com colegas de França, Itália e Suíça, os resultados obtidos.

O entusiasmo foi grande e foi uma honra receber na nossa escola um cientista do CERN que aqui também agradecemos a prestimosa colaboração.

Professora: Beatriz Cachim

"The World @ Work"

No âmbito de um dos domínios de referência, do programa de Inglês do 11º ano, "The World @ Work", foi levada a cabo uma atividade de escrita de poemas com a turma B. Surgiram muitos e bons poemas, mas na impossibilidade de todos publicar foi selecionado o que se segue.

“I wanna be an artist”
Bright colourful lights
fill the room for my delight
throughout the nights
all I see is excite.
If I were to put on my red nose
Laughter would reach Heavens, I suppose.
When the world of magic I were to reveal
Surprise faces I would steal.

If I were to fly my trapezium, for a few dimes
Thrill would show in their eyes to the end of times
And, at the end of it all,
A contortionist I would be, so myself I would twist,
While others assist 
And hope and pray that I don’t fall.

Travelling around planet Earth
Attempting to be sublime 
Trying to make your time worth
Making people feel fine

An artist I wish to become
And see whatever may be to come
Who knows, be one of a team,
But, for now, it’s just a dream.

BY: Ana Isabel Ventura; Filipa Chalim; Sara Amaral  (11ºB)

Mais uma atividade de AÇÃO EDUCATIVA fora da escola


Reciclagem foi a temática do projeto que a turma de Ação Educativa do 11º ano, da ESDR, apresentou no dia 26/03/2014 a duas turmas do 4ºano da escola primária das Maricas. 

Do plano de atividades desenvolvido fazia parte um teatro de fantoches intitulado " A floresta (des)encantada", a construção de uma máscara e um  jogo da glória, em ponto grande, adaptado ao tema e ao teatro de fantoches. Estas atividades foram desenvolvidas colaborativamente nas aulas da docente Carla Ferreira, para que pudessem ser postas em prática.

O público alvo demonstrou interesse, promovendo-se uma boa interação com as crianças. A turma agradece a colaboração dos alunos e da professora Ilda Almeida.

Professora Carla Ferreira

sábado, 29 de março de 2014

XIII Romaria Escolar

A 29/3, um grupo de 12 alunos participou na XIII romaria escolar promovida pelo Serviço Diocesano de Apoio à Pastoral Escolar (SDAPE) e bastante divulgada junto de toda a comunidade escolar.


A romaria teve como objetivos: - pensar a escola como um lugar de desafios pessoais; - realizar uma caminhada de procura e afirmação de fé; - entender a religiosidade popular e o respeito pela tradição e criar um espaço de reflexão e comunicação. 

A romaria partiu de Ponta Delgada e terminou na Várzea onde se realizou a eucaristia de encerramento.


Professor António Sampaio

segunda-feira, 24 de março de 2014

School Volei 2014

Os alunos da ESDR participaram a 19 de março na III Edição do “School Volei” – Fase de Ilha – organizado pela Associação de Voleibol de São Miguel e realizado na Escola Básica Integrada Roberto Ivens. A competição decorreu em 2 pavilhões da escola, Nível I num pavilhão com jogos 2x2 (11-12 anos) e Nível II (13-15 anos) no outro pavilhão com jogos de 4x4 disputados em 2 partes de 5 minutos, sem intervalo e com troca de campo entre as partes.
De um total de onze escolas, a ESDR obteve dois segundos lugares:

  • Nível I: Diogo Caçador e Hugo Laranja (7B)
  • Nível II: João Sá, Nuno Lopes, Rúben Sousa e Rúben Tavares (suplente: João Santos) (9C).
Hugo Laranja e Diogo Caçador
João Sá, Nuno Lopes, Rúben Tavares, João Santos e Rúben Sousa

Dia Mundial da Poesia 21 de março de 2014


Professores de várias áreas disciplinares e alunos de diferentes cursos e anos de escolaridade uniram-se em torno da poesia.

A equipa da biblioteca desta escola decidiu em boa hora integrar no seu plano anual de atividades um momento destinado à celebração do Dia Mundial da Poesia. Foi, sem dúvida, um acontecimento memorável pela sua qualidade e elevação. 


Alunos e docentes do Departamento de Línguas Românicas, bem como professores de outras disciplinas (num total de vinte e um), em face de um conjunto alargado de poemas de poetas portugueses, escolheram textos ao seu gosto e treinaram durante cinco semanas, sob a supervisão da professora Cidália Garcia, a sua leitura em encontros frutíferos feitos de diálogo, de emoções e de partilha. Depois, gravaram-nos em suporte vídeo, para se constituírem em conteúdos a divulgar no Meo-Kanal da Escola Secundária Domingos Rebelo.
O evento contou, ainda, com a participação de poetas convidados, como Emanuel Jorge Botelho (que declamou o poema "Andam pela casa num rodopio ventanoso") e de Renata Correia Botelho (nossa antiga aluna que prestou homenagem à sua professora de Português do Secundário, através do poema inédito "Conjugação do verbo dar" - dado a conhecer pela primeira vez nesta página do jornal). Também consistiu num momento de grande dignidade a declamação feita por João Malaquias de um poema de Frederico García Lorca bem como da leitura integral da "Ode Triunfal", de Álvaro de Campos.

A Escola agradece publicamente a todos os poetas e atores convidados e à RDP-Açores, que, através de entrevista em direto, fez a divulgação deste Dia Mundial da Poesia, o qual ficará no coração de todos quantos sentiram que a palavra poética é imorredoura e nos permite reencontros intensos, saudáveis e capazes de desenvolver a inteligência e a sensibilidade. 



A poesia é palavra de elevação. O poeta é semelhante a um deus detentor de uma sabedoria inesgotável.

CONJUGAÇÃO DO VERBO DAR
      
para a Professora Goretti Rodrigues

sentava-se, sorria-nos e avançava
pela hora dentro, fazendo 
de cada aula, sem temor,
a conjugação de um verbo enorme
- o verbo dar.

como quem pondera
cada letra, cada linha,
à semelhança da alma
no seu peso próprio
na sua escrita singular.

como quem sabe
que num texto vivem
as noites e os dias 
o sal de uma lágrima
e o arco de um sorriso.  

como quem lança ao ar
um papagaio de papel,
deixando ao céu dos versos
e ao nosso pensamento 
a decisão derradeira.

sentava-se, sorria-nos e avançava
pela hora dentro, fazendo 
de cada aula, sem temor,
a conjugação de um verbo enorme
- o verbo dar.

Renata Correia Botelho
Ponta Delgada, março de 2014 (poema inédito declamado na sessão celebrativa do Dia Mundial da Poesia, na Escola Secundária Domingos Rebelo)

A Saúde em Destaque na IV Semana da Saúde da ESDR


Pela quarta vez, a Equipa de Educação para a Saúde trouxe à escola diversos técnicos para promover a SAÚDE!

A equipa de educação para a saúde dinamizou a IV Semana da Saúde que decorreu de 17 a 21 de março na escola.

Esta semana teve como objetivo primordial munir o público estudantil, adolescentes e jovens, de conhecimentos, atitudes e valores que os ajudem a fazer opções e tomar decisões adequadas relativamente à sua saúde e ao seu bem-estar físico, social e mental.

Certo é que, embora ao longo de todo ano letivo se realizem atividades nesta área, é nesta semana que ocorre a maior sensibilização da população escolar. Assim, ao longo da semana, realizaram-se atividades de sensibilização nas áreas da alimentação saudável, da segurança individual e coletiva, da prevenção dos consumos nocivos e comportamentos de risco, da prevenção da violência em meio escolar e ainda da saúde afetivossexual e reprodutiva. As diversas ações e abordagens estiveram a cargo dos muitos convidados da Equipa da Saúde que contou  com a colaboração da Dr.ª Cidália Ponte do Hospital Divino Espírito Santo, da ARRISCA, com  a Dr.ª Suzete Frias e demais  técnicas, de agentes da PSP, da Dr.ª Elisabete Cipriano  da C.S.Ponta Delgada e da Escola Superior de Enfermagem da Universidade dos Açores  com a sua diretora - M.ª Leonor Melo Raposo e com o professor Alberto Duarte. Fica desde já expresso a todos o nosso agradecimento pela  preciosa cooperação. 

Nas atividades, em geral, participaram cerca de 1100 alunos dos 7.º, 8.º, 9.º, 10.º, 11.º e 12.º anos do ensino regular, PROFIJ, ensino profissional e programa oportunidade.                            


É de salientar que atividades como as referidas são de indiscutível importância, ainda mais tratando-se do universo escolar e do âmbito dos cuidados de saúde primários, não só pelo seu papel na promoção de saúde, na prevenção, resolução ou encaminhamento de problemas detetados, mas também pelo seu contributo para a criação de condições ambientais e de relação com a própria escola, procurando-se, claro está, ir ao encontro do preconizado pela lei em vigor.

Esperando que o contributo tenha surtido efeito positivo, resta alimentar contínua e paulatinamente no dia a dia escolar os principíos divulgados, reforçando as vantagens de uma vida saudável para o bem individual e mesmo coletivo.

Uma sociedade esclarecida e saudável é seguramente uma sociedade melhor.  Haja saúde!

Coordenadora Célia Figueiredo

sexta-feira, 21 de março de 2014

A Festa da Poesia

Hoje, dia 21 de março de 2014, celebrou-se na nossa escola o Dia Mundial da Poesia.

Foi, na verdade, um momento memorável, que contou com a participação de muitos alunos, professores, poetas e atores.

Os poetas portugueses foram relembrados. A sua poesia foi lida, amada e declamada com muita elevação.

Agradecemos a participação de Emanuel Jorge Botelho, de Renata Correia Botelho e de João Malaquias.
    
Poemas declamados:

  • Emoções, de Nuno Júdice
  • «A Pedra», de Emanuel Félix
  • «As fontes», de Sebastião da Gama
  • «Vasco da Gama», de Miguel Torga
  • «Luís, o Poeta, salva a nado o Poema», de José de Almada Negreiros
  • «Migrações», de Nuno Júdice
  • «Evolução», de Antero de Quental
  • «Eu», de Florbela Espanca
  • Poemas inéditos baseados em Just in Rhyme, de Levi Tafari
  • «Silêncio», de Nuno Júdice
  • Poema sem título, de Carlos Couto Sequeira Costa
  • «Tenho uma coisa para te entregar», de Pedro Tamen
  • «ponta delgada», de Fernando Guimarães 
  • «A Catedral de Burgos», de António Gedeão
  • «Falsa Memória», de Nuno Júdice
  • «Credo», de Natália Correia
  • «Amar», de Florbela Espanca
  • «Saberás que não te amo e que te amo», de Pablo Neruda
  • «O amor, quando se revela», de Fernando Pessoa
  • «Adeus», de Eugénio de Andrade
  • «Agora as palavras», de Eugénio de Andrade
  • «Tens um pingo de água», de Renata Correia Botelho
  • «Andam pela casa num rodopio ventanoso», de Emanuel Jorge Botelho
  • «A conjugação do verbo dar», de Renata Correia Botelho
  • «La Cogida e la Muerte», de Frederico García Lorca
  • «Ode Triunfal», de Álvaro de Campos
  • Interpretação das canções «A carta», dos Toranja, e «O anel de Rubi», de Rui Veloso