quarta-feira, 2 de abril de 2014

À descoberta da TI-Nspire" e "Brincando com a Matemática"

No âmbito do Plano Anual de Atividades da Escola, o grupo de docentes do Departa-mento de  Matemática e Expressões...
Ana Paula Fraga, Armando Branco, Edna Medeiros, Eduardo Medeiros, José Jacinto Silva, Lúcia Medina, Mário Jorge Cabral e Venília Amaral, organizaram uma conferência subordinada ao tema "À descoberta da TI-Nspire" proferida pelo doutor Gualter Medeiros e um Peddy Paper Matemático intitulado "Brincando com a Matemática".

As atividades realizaram-se no dia 2/4, durante toda a manhã e destinaram-se aos alunos do ensino secundário. 


A conferência teve por objetivo aprofundar o conhecimento das potencialidades da calculadora TI-Nspire na exploração dos conteúdos programáticos, levando os discentes a consciencializarem-se do contributo que podem dar na melhoria do seu desempenho escolar.

A pertinência do tema despertou uma enorme motivação, sendo visível o empenho e entusiasmo que os alunos demonstraram quando foram solicitados a interagirem com o orador, fazendo com que a sessão se tornasse muito ativa e dinâmica. Tendo em conta o “feedback” dado pelos participantes, os objetivos propostos foram plenamente atingidos.

Com a realização do Peddy Paper os professores responsá-veis tiveram como objetivos motivar os alunos para o estudo e aplicabilidade da matemática, assim como mostrar o seu caráter lúdico. Da atividade fizeram parte 19 equipas de 4 e 5 alunos do ensino secundário. Cada equipa resolveu cinco desafios, uns de caráter lúdico/prático e outros que envolviam a aplicação de conteúdos programáticos na resolução de problemas. Depois de concluídas as atividades, as equipas apresentavam-se ao júri, vestidas de acordo com as instruções dadas, procedendo-se à verificação do nível de execução das tarefas e cronometragem do tempo dispendido. Cada equipa recebeu um diploma de participação. É de salientar o enorme empenho, espírito de equipa, organização e disciplina demonstrados pelos alunos durante as atividades.


A pertinência das atividades que envolveram a cultura matemática e a relação entre esta e a vida real, bem como o entusiasmo que os alunos demonstraram em participar, revelam o interesse por este tipo de iniciativas, transformando a matemática atrativa, sempre numa perspetiva pedagógica e formativa. Atividades desta natureza devem continuar, pois são parte integrante de todo um processo de ensino aprendizagem.

Professora Lúcia Medina
Enviar um comentário