quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Uma Forma Diferente de Aprender

Uma das actividades realizadas no âmbito da comemoração do dia de Martin Luther King foi a realização de aulas abertas – apresentação de trabalhos sobre Martin Luther King, Rosa Parks e Nelson Mandela, realizados por alunos do 11º ano, a alunos de turmas de outros anos.
Uma vez que um dos domínios de referência do programa da disciplina de Inglês do 11º ano é precisamente “Um Mundo de Muitas Culturas”, o qual tem como subtema, entre outros, a sociedade multicultural (igualdade de oportunidades, igualdade de direitos, inclusão social/socioeconómica, discriminação e intolerância – religiosa, política, étnica, ...), foi proposto a todos os alunos de 11º ano que fizessem um trabalho de pesquisa em torno daquelas três personalidades, abordando não só aspectos biográficos, mas também a sua importância na luta pelos direitos civis e contra a discriminação, neste caso, contra a segregação racial e o apartheid.
Os alunos trabalharam em grupo (cada grupo sobre cada uma das 3 personalidades), tendo todos os grupos, no início de Janeiro, apresentado o seu trabalho à sua turma. Num segundo momento, foram seleccionados alguns dos trabalhos para ser apresentados a uma outra turma da escola. Tiveram, ainda, os alunos que elaborar uma actividade para os colegas que assistiam à apresentação resolver.
Assim, na semana de 19 a 22 de Janeiro, alunos de 12 turmas do 11º ano tiveram a oportunidade de “dar uma aula” a colegas seus de outros anos – 4 turmas de 8º ano, 4 turmas de 9º ano, 5 turmas de 10º ano e 1 turma de Profij do secundário, acompanhados dos seus respectivos professores de Inglês.
Esta actividade permitiu o desenvolvimento daquelas que o programa da de Inglês do 11º ano estipula com sendo as competências a desenvolver nos alunos – a competência comunicativa (apresentar informação e interagir com os alunos presentes em língua inglesa), a competência sociocultural (desenvolver conhecimentos socioculturais acerca das sociedades onde a língua-alvo é falada) e a competência de aprendizagem. Foi realmente gratificante ver como os alunos, de uma forma geral, se empenharam na realização destes trabalhos, tendo demonstrado uma disponibilidade e, até, vontade e brio em utilizar a língua inglesa, mesmo que para tal tivessem que se expor perante outros colegas.

Por outro lado, os alunos que foram o público-alvo destas apresentações tiveram a possibilidade de aprender algo de novo ou aprofundar os conhecimentos já adquiridos sobre Martin Luther King, Rosa Parks e Nelson Mandela, de desenvolver, também, as suas competências de uso da língua inglesa, ouvindo os colegas com atenção e resolvendo, após cada apresentação, um exercício, tudo isto feito de uma forma diferente da habitual – desta feita os “professores” foram os próprios colegas.
Podemos, portanto, concluir que, esta foi uma aposta ganha. Todo o trabalho que ousar “pôr de pé” estas aulas implicou e todo o nervosismo pelo qual alguns alunos passaram foram largamente recompensados pelo empenho, brio e sentido de responsabilidade, em geral, demonstrados, garantindo, assim, o sucesso desta actividade.
Os nossos parabéns a todos os alunos envolvidos!



Comentários dos alunos que assistiram às aulas >>
Comentários dos alunos que deram as aulas >>

Margarida Maia Costa
Enviar um comentário