quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Cerimónia de entrega de prámios

A cerimónia foi presidida pela Presidente do Conselho Executivo, Dr.ª Helena Lourenço, e contou com a presença da Presidente da Assembleia de Escola,  do Presidente do Conselho de Administração da Finançor Agro-Alimentar, do diretor Executivo do Grupo Bensaúde, da Presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação e da Presidente da Associação de Estudantes. 


“Os Quadros de Honra e de Excelência devem  entender-se como um incentivo e, simultaneamente, uma responsabilidade para toda a comunidade educativa, porque a todos se exige um comprometimento com o objetivo de alcançar o sucesso, que nunca é exclusivamente individual, daí que a homenagem deva também ser extensível aos pais e professores da Escola”, mencionou a presidente. 

Foram agraciados por mérito  cívico e académico os seguintes alunos: 
Henrique António Lima Santos - Prémio de Mérito Cívico, distinguido pela Associação de Pais e Encarregados de Educação,  entregue pela  presidente  Sofia Afonso;
Inês Rodrigues e Melo ( Melhor aluna do 12.º ano do Curso de Ciências Sócio-Económicas)- Prémio Bensaúde, entregue pelo Dr.  Nuno Serejo; 
Rodrigo Pacheco Câmara (Melhor aluno do 12º ano do Curso de Ciências e Tecnologias) - Prémio Finançor Agro-Alimentar, entregue pelo Eng. José Braz;


No final da sessão, subiu ainda ao palco o Grupo de Teatro Domingos Rebelo que apresentou um trabalho inspirado na obra "Os Emigrantes" do Pintor patrono, de forma a integrar a comemoração dos 125 anos do seu nascimento.  A  apresentação constou de um momento musical, seguido de um quadro vivo e um sketch humorístico, inspirados no famoso quadro. Assim, o tema da Diáspora  seria explorado,  juntando o "Cantar da Emigração", popularizado por Adriano Correia de Oliveira, com a apresentação de um quadro do pintor Domingos Rebêlo, culminando por fim naquele que retrata a partida  do cais de Ponta Delgada para terras distantes.


Domingos Rebêlo: um estudante em Paris
Ainda neste dia, e em colaboração com o Museu Carlos Machado, na pessoa da Dra. Leonor Pereira, projetou-se um vídeo intitulado: Domingos Rebêlo: um estudante em Paris. 
Foram convidados os alunos dos 7.ºano e do 10.º ano do curso de Humanidades para conhecerem o pintor que dá nome à Escola que frequentam.


Assim, numa sessão no "escurinho do cinema”, os presentes puderam apreciar momentos da vida do pintor que, no início do século passado e apenas com quinze anos, saiu de São Miguel, com cerca de 50 mil habitantes, para a mais internacional das metrópoles, Paris, já na época, com 3 milhões de habitantes.

Um filme muito interessante que nos dá a conhecer as escolas e os mestres com os quais Domingos Rebêlo aprendeu e que nos apresenta um pintor verdadeiramente vanguardista. Por isso, agradecemos mais uma vez à Dra. Leonor Pereira, autora desta instalação vídeo, e ao Museu Carlos Machado por se ter associado à comemoração dos 125 anos do nascimento de Domingos Rebêlo na Escola que tem o seu nome.

Um artigo do projeto Fora de Portas
Enviar um comentário