terça-feira, 5 de abril de 2016

Erasmus +: Testemunhos

A semana Erasmus+ não foi uma semana qualquer. Nem tão pouco uma semana diferente. Foi  A Semana. Aquela que muda tudo. Maneiras, opiniões, atos. Foi a semana em que desconhecidos de diferentes países, nacionalidades, mundos, com diferentes maneiras de pensar, falar, agir, se juntaram num lugar minúsculo e criaram laços para a vida. Foi  a semana em que não havia nada que nos separasse uns dos outros: não havia cor, não havia formas, apenas pessoas. Foi a semana que nos ensinou que somos todos iguais, apesar de sermos todos diferentes. Todos gostamos de rir, estar com os amigos, apoiar o nosso clube de futebol favorito. Todos detestamos a dor, a solidão, a tristeza e a distância entre nós nada disto muda. Foi a semana em que partilhámos desejos, segredos, sorrisos... A semana em que aprendemos sobre hábitos alimentares saudáveis, claro; mas aprendemos uns com os outros que não existe "a outra pessoa", apenas "o outro eu".

Acho que ninguém ficou igual depois desta semana. Posso dizer que eu certamente não fiquei: dei parte de mim e recebi uma parte de toda a gente.

E se me perguntarem o que aprendi nesta semana, direi, com um sorriso na cara: o Mundo.
 
Ricardo Nunes, 11.ºA 
--x--
 
Após um longo abraço no aeroporto levei para casa uma estudante italiana. Tinha o coração a mil e esforçava-me por conter todo aquele entusiasmo do primeiro encontro.

Confesso que nunca pensei vir a ter tantas saudades até as sentir. Foi um desafio complexo, desde a forma de comunicação até à mais profunda descoberta pessoal e cultural dos alunos das diferentes nacionalidades.

Embora tivesse tido alguma dificuldade em conciliar as diferentes atividades do projeto Erasmus com a entrega de trabalhos e avaliações finais, desenvolveram-se amizades, fortaleceram-se laços e todos ficaram a conhecer um pouco mais de si e do outro. Não ficaram apenas a saudade e as memórias, mas também uma vontade nova de procurar experiências semelhantes.

E foi com outro abraço, ainda mais longo, que me despedi do grupo, das vivências espetaculares e de todos aqueles sorrisos. Por favor, voltem.

Carolina Serpa, 11.º C
Enviar um comentário