segunda-feira, 23 de setembro de 2013

O regresso às aulas, da burocracia à dinâmica das visitas


Mais um início... que bom! Mau seria não recomeçar, mesmo que tal implique deixar a praia e o serão alargado! Bem-vindos!

Regressamos às aulas, às tarefas, enfim, ao processo complexo de ensino-aprendizagem, alunos, docentes e restante comunidade com todas as implicações inerentes ao facto.


O início do ano letivo decorreu com normalidade, pelo menos para os alunos, crê-se, embora limitados no espaço físico exterior pelos condicionalismos das obras de remodelação da escola (de que damos conta noutro artigo), porém, com constantes e efusivas manifestações de alegria e juventude avivando o ambiente escolar.

Ora, para os docentes e mais concretamente para o Conselho Executivo, o início do ano afigurou-se mais complexo, dado que diversos professores solicitaram o processo de pedido de reforma anticipada no ano transato e, não tendo tido as respostas antes da data de início do ano letivo, tal acarretou um processo de reformulação de horários que aos poucos tiveram de ser revistos e atribuídos a novos docentes, a cada resposta oficial de efetiva reforma de cada docente em causa. Um processo burocrático e não só que, efetivamente, perturbou a gestão escolar e a eficiência da equipa de horários da escola. Contudo, o transtorno foi e vai sendo ultrapassado pelo profissionalismo de todos em prol dos alunos, claro, e do sucesso, sempre.


Parabéns aos reformados!!!

E em início de ano letivo, a 23 de setembro, nada melhor do que começar por receber o Secretário Regional do Turismo e Transportes, dr. Vitor Fraga, entre outras entidades, elementos da PSP para uma ação de sensibilização para a prevenção rodoviária. Campanha essa, 3ª fase, que serve para alunos e consequentemente encarregados de educação no cumprimento da legislação em vigor no que concerne ao trânsito para a construção de uma sociedade mais responsável e segura. Ofereceram-se t-shirt alusivas ao tema.

Um artigo do projeto "Fora de Portas"
Enviar um comentário